Paulinho da Força
66fb87fb2db374e35ba52ff86bafdb3c

Já anunciamos em alto e bom tom que 2013 é o ano de reforçar as lutas dos trabalhadores. Iremos, entretanto, cerrar fileiras em prol de uma conquista que diz respeito a todos os brasileiros e que tem sido seguidamente barrada pelo governo federal: o fim do fator previdenciário.

Só lembrando, o fator previdenciário é um mecanismo criado em 1998, durante o governo Fernando Henrique, que diminui em até 40% o valor das aposentadorias, de acordo com a idade em que o brasileiro se aposenta. O fim do fator chegou a ser aprovado em 2010, mas o governo Lula vetou o projeto.

A proposta que está mais próxima de ser aprovada no Congresso não extingue o fator, mas cria um alternativa a ele. Pela proposta, quem quiser se aposentar com proventos integrais deve ter atingido um valor mínimo na soma entre sua idade e o tempo de contribuição. Esse valor seria de 85 anos para a mulher e 95, para os homens.

Na concepção dos principais líderes do movimento sindical, a proposta 85/95 não resolve a questão do fator, mas representa um avanço extremamente importante, pois melhora a aposentadoria, para a maioria dos casos. Por isso, lutaremos e priorizaremos a questão neste ano de 2013.

Contamos com o apoio dos os trabalhadores e aposentados para aprovação deste avanço em 2013. Esta é uma luta de todos.

Conteúdo publicado inicialmente no site www.deputadopaulinho.com.br, pertencente ao mandato de Paulinho da Força.